Fascista? Quem?

Imagem
Aqui a Ovelha não tem tido sequer grande vontade em falar neste tema, pois são muitas as palavras impróprias que me sugere. Estou confinada há 43 dias, a sair só para as compras, quase como se fosse uma criminosa, a lavar-me e a desinfetar-me desenfreadamente. Com medo, muito medo, e a tentar que os outros também sintam esse receio pois, neste caso, o medo poderá ser a nossa salvação. Sou católica e, apesar disso, passei a minha Páscoa como um qualquer domingo e critiquei aqueles que não o fizeram, tal como critiquei os que foram para a praia, para a marginal de Vila do Conde ou os que passeiam em romaria pela minha rua. E é por isso que não posso deixar de criticar, ainda com mais intensidade, aqueles que deviam dar o exemplo e que se comportam como aquilo que chamam a quem a se opõe ás suas vontades impostas: fascistas! O termo "fascista" nasce da palavra italiana fascismo (de fascio. "feixe; associação política ou social"). Entre outras coisas, f

Bora lá demolir?



Quero hoje, solenemente, lançar uma petição pública para a devolução da encosta de Santa Luzia à fruição visual de todos os vianenses e visitantes. E como não sou rapariga de pintar as coisas de cor-de-rosa, é mesmo para demolir com marreta e pica tudo aquilo que me incomoda. 

A mais recente agressão visual que sofri veio de um mamarracho que está a nascer à vista de todos em plena subida para Santa Luzia. A imagem fala por si (ou serei eu que ando demasiado sensível?).
Depois, podemos começar por demolir mais alguns "caixotinhos" na zona de Valverde. E é longa a lista de fatores que justificam a utilidade pública:

1. Retiram a plena fruição da vista da encosta de Santa Luzia;
2. Impedem o crescimento das nossas saudosas mimosas;
3. Tornaram-se, nos últimos anos, em focos de marginalidade;
4. Porque não gosto de alguns moradores;
5. Porque alguns desses moradores não são do meu partido;
6. E, finalmente, porque sim!

Convém dizer que esta minha pretensão não vai ficar barata para o erário público, pois estes caixotinho em condomínio fechado estão a ser vendidos acima dos 250 mil. Bem, mas sempre temos a garantia de que os fundos comunitários apoiarão a reflorestação da área. Como é em prol da natureza, o PAN também não deverá opôr-se.

Caso os moradores não queiram sair, monta-se um belo cordão policial, ao jeito de um cerco medieval. A alguns, uma dieta forçada até nem fará mal nenhum!

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Carta Aberta a Tiago Brandão Rodrigues

Quem tem medo compra um cão!