Fascista? Quem?

Imagem
Aqui a Ovelha não tem tido sequer grande vontade em falar neste tema, pois são muitas as palavras impróprias que me sugere. Estou confinada há 43 dias, a sair só para as compras, quase como se fosse uma criminosa, a lavar-me e a desinfetar-me desenfreadamente. Com medo, muito medo, e a tentar que os outros também sintam esse receio pois, neste caso, o medo poderá ser a nossa salvação. Sou católica e, apesar disso, passei a minha Páscoa como um qualquer domingo e critiquei aqueles que não o fizeram, tal como critiquei os que foram para a praia, para a marginal de Vila do Conde ou os que passeiam em romaria pela minha rua. E é por isso que não posso deixar de criticar, ainda com mais intensidade, aqueles que deviam dar o exemplo e que se comportam como aquilo que chamam a quem a se opõe ás suas vontades impostas: fascistas! O termo "fascista" nasce da palavra italiana fascismo (de fascio. "feixe; associação política ou social"). Entre outras coisas, f

Vamos fazer uma vaquinha para pagar aos professores?



Confesso que quase me quase me desfiz em lágrimas ao ouvir a comunicação que António Costa fez ao país. Fiquei a saber que ele fez tanto por mim, pela minha filha, pelos meus pais reformados e que eu, por estar desatenta e não me ter apercebido, nem sequer lhe agradeci! Pois, mas logo me deu vontade de autoflagelar-me, porque a culpa da falta de dinheiro era minha e das sacanas das minhas irmãs professoras... 800 milhões! 800 milhões por ano! Este foi o número bradado vezes sem conta para me lembrar bem que os caprichos dos professores se pagam, e bem.
Bem, como não podia ficar com todos esses pesos na consciência, desatei a pensar na melhor forma de ajudar o pobre homem! Cheguei a pensar numa iniciativa de crowdfunding, mas depois lembrei-me que ele, desde aquela ingratidão dos enfermeiros, não gosta muito dessas coisas...
Depois, lembrei-me que podíamos fazer uma vaquinha, até porque ele já tinha oferecido a dele à Ministra da Presidência e ficou a descoberto. Mas, caramba, uma vaquinha com portugueses, um povo tão pouco solidário?!
Bem, a solução acabou por aparecer de uma forma inesperada. Estava eu a ver os ajustes diretos da "minha" autarquia e encontrei um horror de coisas do tipo:

Apoio técnico e logístico para o Grande Trail: 17 500.00 euros;
Raiders técnicos: 35 000.00 euros;
Impressão gráfica: 57 000.00 euros;
Conceção gráfica de publicações: 16.000.00 euros;
Organização do jantar da Gala do Desporto: 12 000.000 euros;
Produção e realização de programas: 52 000.00 euros;
Locação financeira: 71 000.00 euros;
Serviços de comunicação de eventos: 15 000.00;
Assessoria de comunicação: 23 400.00 euros;
Consultoria em comunicação: 58 500.00 euros;
Filmagem e fotografia: 19 800.00;
Conceção gráfica de conteúdos municipais: 74 800.00 euros;
Serviço de divulgação de atividades: 38 800.00 euros;
Cinco concertos: 64 800.00 euros;
E por aí adiante....

Caro (Primeiro) Costa, estas são algumas das adjudicações feitas apenas no último mês e meio, por um (também) dito socialista. Agora imagine isto tudo amealhado e replicado por todo o país! Como vê é muito fácil arranjar umas poupanças para que os sacanas dos professores não se fiquem a rir se sair do Governo! Qual vaquinha, qual quê, é só passar por "las casas de papel"?! Escusa de agradecer!

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Carta Aberta a Tiago Brandão Rodrigues

Quem tem medo compra um cão!