Fascista? Quem?

Imagem
Aqui a Ovelha não tem tido sequer grande vontade em falar neste tema, pois são muitas as palavras impróprias que me sugere. Estou confinada há 43 dias, a sair só para as compras, quase como se fosse uma criminosa, a lavar-me e a desinfetar-me desenfreadamente. Com medo, muito medo, e a tentar que os outros também sintam esse receio pois, neste caso, o medo poderá ser a nossa salvação. Sou católica e, apesar disso, passei a minha Páscoa como um qualquer domingo e critiquei aqueles que não o fizeram, tal como critiquei os que foram para a praia, para a marginal de Vila do Conde ou os que passeiam em romaria pela minha rua. E é por isso que não posso deixar de criticar, ainda com mais intensidade, aqueles que deviam dar o exemplo e que se comportam como aquilo que chamam a quem a se opõe ás suas vontades impostas: fascistas! O termo "fascista" nasce da palavra italiana fascismo (de fascio. "feixe; associação política ou social"). Entre outras coisas, f

A (des)educação pública


Esta semana tenho sido "atormentada" pelos assuntos relativos à Educação ou, mais concretamente, à deseducação que algumas escolas, professores e pais promovem atualmente.
Primeiro apareceu-me uma "madrinha" do prémio Global Teachers, apontada como exemplo na área da matemática e que, nos seus vídeos, para além de utilizar um português de bradar aos céus (e já nem falo do tipo de linguagem), apresenta um jogo em que uma vaca é ilustrada com o desenho de uma menina. Sim senhora! "Madrinhas" destas conheço eu muitas! O exemplo dado aos jovens alunos, já por si muito educados e disciplinados, é simplesmente fantástico!!!

Depois, foi dar por mim a pensar em certos professores que parece que se sentem frustrados por lecionarem as disciplinas tidas como não sendo de base. Frustrações que depois descarregam nos alunos, dando notas de caca e ignorando a amplitude das tabelas de avaliação. Meus amigos, metam na cabeça que embora todas as disciplinas sejam importantes, há umas que o são mais do que outras, mas isso não deve ser sinónimo de frustração. Aos alunos deve ser dada a motivação para que façam dessas disciplinas um prazer, e não um calvário, caso contrário não passam de péssimos professores!

Finalmente, depois de falar há pouco com um bom amigo, fiquei chocada! A filha mudou este ano de escola, pois não se sentia bem no antigo agrupamento. Saiu como aluna de mérito mas, curiosamente, não foi convidada para a entrega dos diplomas! É assim que a Educação lida com a educação das nossas crianças e jovens? É como quem diz: "o teu mérito acabou no dia em que mudaste de escola, vamos passar uma esponja pela tua existência".

Pois, mas esquecem-se que alunos de mérito são, muitas vezes, filhos de gente pensante e, não raras vezes, de gente que não se conforma com as geringonçadas do sistema. Entre eles há mesmo os que não se calam, e os que vão dizer aquilo que lhes vai na alma na hora e no momento certo, mesmo que seja na presença dos chefes da deseducação! É que para muitos, não há cá desfiles de vaidades, nem permissões de uso dos nossos filhos para criar falsas fachadas!

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Carta Aberta a Tiago Brandão Rodrigues

Quem tem medo compra um cão!