Fascista? Quem?

Imagem
Aqui a Ovelha não tem tido sequer grande vontade em falar neste tema, pois são muitas as palavras impróprias que me sugere. Estou confinada há 43 dias, a sair só para as compras, quase como se fosse uma criminosa, a lavar-me e a desinfetar-me desenfreadamente. Com medo, muito medo, e a tentar que os outros também sintam esse receio pois, neste caso, o medo poderá ser a nossa salvação. Sou católica e, apesar disso, passei a minha Páscoa como um qualquer domingo e critiquei aqueles que não o fizeram, tal como critiquei os que foram para a praia, para a marginal de Vila do Conde ou os que passeiam em romaria pela minha rua. E é por isso que não posso deixar de criticar, ainda com mais intensidade, aqueles que deviam dar o exemplo e que se comportam como aquilo que chamam a quem a se opõe ás suas vontades impostas: fascistas! O termo "fascista" nasce da palavra italiana fascismo (de fascio. "feixe; associação política ou social"). Entre outras coisas, f

Que las hay, las hay! Chamam-se Maria, Fernanda, Isabel...



Hoje a minha conversa é sobre elas, ou não estivesse aí o seu dia. O dia da Maria, daquela que usa a fraqueza alheia para fazer vida de "artista". Sim, porque essas Marias, e não são elas poucas, são umas verdadeiras artistas. Só é pena que o "sucesso" não seja eterno. 
Depois há as Fernandas, as que são tão distraídas que acham que os milhões nascem nas árvores. As que são jornalistas e não sabiam que uma senhora que faz jornalismo desde que as Fernandas usam fraldas sempre se despediu com um "até amanhã, se Deus quiser". Ah, pois, mas agora somos laicos e temos de mudar. Sim, porque ser católico é quase como ser um leproso. Podemos ter qualquer religião, até exortar a Igreja Universal do Reino mas...católicos?! Apre!!!! (Fernanda, que Deus de te juízo e um bocadinho de inteligência).
Bem, e agora, se não se importam, vou até ali pintar as unhas e já venho! Sim, porque cuidar das unhas em público é simplesmente asqueroso e de uma tremenda falta de educação! Se acontecer alguma coisa importante, tipo uma alteração orçamental, prometem que me avisam?
Bem, nestes dias em que muito se falou, especialmente sobre elas, houve uma que fez uma afirmação que foi a coisa mais acertada que eu ouvi em muito tempo, que me deixou a pensar e a ... temer. "O fascismo instala-se quando as pessoas se convencem de que ninguém é de confiança" - Madeleine Albright.
Finalmente quero desejar um feliz dia aos meus "amigos" e "amigas", especialmente aos muitos que andam a enfiar as carapuças da Ovelha. É mau sinal!!!! Portaram-se mal!!!! Tau, tau!!!!

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Carta Aberta a Tiago Brandão Rodrigues

Quem tem medo compra um cão!