Fascista? Quem?

Imagem
Aqui a Ovelha não tem tido sequer grande vontade em falar neste tema, pois são muitas as palavras impróprias que me sugere. Estou confinada há 43 dias, a sair só para as compras, quase como se fosse uma criminosa, a lavar-me e a desinfetar-me desenfreadamente. Com medo, muito medo, e a tentar que os outros também sintam esse receio pois, neste caso, o medo poderá ser a nossa salvação. Sou católica e, apesar disso, passei a minha Páscoa como um qualquer domingo e critiquei aqueles que não o fizeram, tal como critiquei os que foram para a praia, para a marginal de Vila do Conde ou os que passeiam em romaria pela minha rua. E é por isso que não posso deixar de criticar, ainda com mais intensidade, aqueles que deviam dar o exemplo e que se comportam como aquilo que chamam a quem a se opõe ás suas vontades impostas: fascistas! O termo "fascista" nasce da palavra italiana fascismo (de fascio. "feixe; associação política ou social"). Entre outras coisas, f

Desculpem, mas deportei Carlos Queiroz!

Resultado de imagem para moutinho carlos queiroz ouvido


Estas coisas do jogos do Mundial deixam-me, como diria uma amiga minha, possuída. Sofri a bom sofrer em todos os jogos, e especialmente no último Ainda fiquei até de madrugada a acompanhar as reações pois, como é bom de perceber, foi um jogo especial. Mas poderia não ter sido TÃO especial.

Já estava irritada com as queixas em relação à arbitragem, como se aquele fosse um jogo da liga dos últimos nos quais se fazem peixeiradas sem fim e a culpa acaba sempre por cair no árbitro, seja ele de carne e osso ou VAR. Depois, a desestabilização que Carlos Queiroz tentou incutir na nossa seleção e especialmente em Ronaldo (recorde-se que ele sempre votou em Messi na hora de escolher o melhor do mundo). O assédio a Moutinho, é melhor nem falar! O olhar malévolo da foto diz tudo. Mas depois veio a conferência de imprensa... Foi aí que o caldo começou a entornar. As queixinhas dos jogadores que nem o cumprimentaram (pudera!), "o homem contra a Nação ou a Nação contra o homem", blá, blá, blá...

Já passava das duas da matina quando vou espreitar à página dele e vejo o post mais hipócrita que poderia ver. Mas porque raio é que este tipo está com esta conversa?! Passei-me! Apenas escrevi:

"Vai para o Irão ou para bem longe!!! Não queremos cá gente com esse fraco carácter!"

Lá estavam os iranianos a suplicar para que ele ficasse e eu, gentilmente, disse que poderiam ficar com ele de bom grado! Bem, quando acordei percebi a bomba relógio que tinha detonado, pois Queiroz respondeu, apesar de o ter feito em inglês. Lá apareceram muitos tugas a apoiarem o meu comentário (alguns em bom português) e muitos iranianos, alguns dos quais me brindaram com um "mulher ignorante", sendo que ambos são insulto.

Nada tenho contra quem faz o seu trabalho, e Portugal nem lhe pediu, nem precisava de favores. Tenho é contra o zelo excessivo que nunca nenhum outro "mister" denotou. Nada tenho contra a seleção do Irão, que respeito e congratulo pelo trabalho que fez. Lamento que tenham um selecionador que despertou o lado pior deles, o do ódio de quem cresceu e convive diariamente com o ódio. E porquê? Porque Carlos Queiroz nos odeia, odeia tudo o que por cá seja bom. Odeia Ronaldo, odeia Quaresma, odeia Fernando Santos, odeia Mourinho, odeia Moutinho e até Scolari, odeia-nos a todos com o ódio típico de quem é medíocre, de quem teve oportunidade de estar no topo mas que nunca lá conseguiu chegar simplesmente porque..é medíocre! Se não fosse esse ódio, que ele conseguiu contagiar para o coletivo, talvez o caminho do Irão tivesse sido outro...

Desculpem, mas tomei a iniciativa de deportar Carlos Queiroz como deportarei todos os medíocres odiosos que ainda por cá andam!

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Azulejos em nova escola custam mais de 20 mil

Carta Aberta a Tiago Brandão Rodrigues