Fascista? Quem?

Imagem
Aqui a Ovelha não tem tido sequer grande vontade em falar neste tema, pois são muitas as palavras impróprias que me sugere. Estou confinada há 43 dias, a sair só para as compras, quase como se fosse uma criminosa, a lavar-me e a desinfetar-me desenfreadamente. Com medo, muito medo, e a tentar que os outros também sintam esse receio pois, neste caso, o medo poderá ser a nossa salvação. Sou católica e, apesar disso, passei a minha Páscoa como um qualquer domingo e critiquei aqueles que não o fizeram, tal como critiquei os que foram para a praia, para a marginal de Vila do Conde ou os que passeiam em romaria pela minha rua. E é por isso que não posso deixar de criticar, ainda com mais intensidade, aqueles que deviam dar o exemplo e que se comportam como aquilo que chamam a quem a se opõe ás suas vontades impostas: fascistas! O termo "fascista" nasce da palavra italiana fascismo (de fascio. "feixe; associação política ou social"). Entre outras coisas, f

Sabe porque é que ficou preso no trânsito? Eu também não!



Nos últimos dias foram muitos os que se queixaram de, sem saberem porquê, ficarem retidos no trânsito desta pequena cidade. Ora foi por causa desta ou daquela iniciativa, o certo é que foram muitos os que, sem culpa, chegaram atrasados aos respetivos trabalhos, não puderam fazer as suas entregas, não conseguiram chegar à escola na altura em que soou o toque de saída, etc, etc. Nas redes sociais as opiniões dividiam-se, e até houve quem dissesse que se deviam era queixar do trânsito em Paris ou Londres, que esse sim, "é que é dos bons", como se esta "caganita" à beira mar plantada fosse comparável a uma grande metrópole. Ok, gaba-se de aparecer no ranking da qualidade de vida mas, pelos vistos, não ela não existe todos os dias, nem é para todos. Bem, mas vamos à queixa comum: falta de informação. Há falta de informação? Há. Porquê? Não sei!
No deixa de ser curioso que em janeiro a autarquia assinou um contrato com o seguinte teor:

"Entidade adjudicatária - Nome, NIF H2COM - Unipessoal, Lda (509112641)
Objeto do Contrato
Ajuste direto para adjudicação da "Prestação de serviços de assessoria/consultoria em comunicação para a criação de um plano estratégico de comunicação municipal" - 217/A2/17.
Data de celebração do contrato 19-01-2018
Preço contratual 59.000,00 €
Prazo de execução 365 dias"

Mais adiante, em abril, cria uma avença de 23 400 euros anuais para "conteúdos de comunicação", o mesmo valor de uma outra avença lançada em fevereiro para "serviços de fotografia e assessoria de eventos de imagem". Querem fazer contas?
Parece que realmente a comunicação não funciona na Câmara de Viana! Ou será um atestado de menoridade aos funcionários da área da comunicação? É que de acordo com o mapa de pessoal, a autarquia tem nos seus quadros vários especialistas nesta área (uns remetidos ao atendimento, outros escondidos num canto, sem estarem realmente a fazer aquilo para que estudaram). E porque é que, com o caminho de saída escancarado, se lembram que precisam agora (uma década depois) de um plano estratégico de comunicação? Perceberam? Eu prefiro fazer de conta que não percebo... 
Também ficou preso no trânsito? Um dia destes estão a aconselhá-lo a andar de burro!

Nota: Vou aguardar ansiosamente pelo resultado de tão dispendioso plano contratado com uma empresa de Barcelos. Só pode ser genial!


Comentários

Mensagens populares deste blogue

Carta Aberta a Tiago Brandão Rodrigues

Quem tem medo compra um cão!